Buscar
Colaborar
  • Você não tem favoritos.

Quer conhecer:0 lugares

Entrar

Baixa no Governo Celso Cota: Secretário de Obras, Ricardo Guerra, renuncia, deixando lacuna na administração

No cenário político atual, o governo de Celso Cota enfrenta mais uma baixa significativa. O Secretário de Obras, Ricardo Guerra, apresentou sua exoneração, deixando a pasta sem comando neste momento.

Ricardo Guerra, que ocupava o cargo desde o início da atual gestão, alegou motivos pessoais para sua decisão de se afastar.

Com a saída de Guerra, a Secretaria de Obras enfrenta um período de transição sem um líder estabelecido. A ausência de comando imediato pode impactar projetos em andamento e gerar incertezas quanto ao futuro das obras públicas no município.

As razões por trás da exoneração de Ricardo Guerra não foram detalhadas, alimentando especulações sobre eventuais descontentamentos internos ou divergências de visão dentro da administração municipal. Esforços para obter declarações mais detalhadas de Guerra ou do gabinete de Celso Cota não foram bem-sucedidos até o momento.

Enquanto a vaga de Secretário de Obras permanece sem preenchimento, a expectativa é de que o governo de Celso Cota inicie um processo para a escolha de um sucessor. Essa decisão será crucial para garantir a continuidade e eficiência das iniciativas na área de obras públicas, um setor estratégico para o desenvolvimento local.

A população aguarda informações adicionais sobre os próximos passos do governo diante dessa baixa, buscando esclarecimentos sobre os rumos da gestão de Celso Cota e os planos para a Secretaria de Obras. A exoneração de Ricardo Guerra destaca a importância de uma liderança estável e comprometida para enfrentar os desafios que envolvem a infraestrutura e o desenvolvimento urbano no município.

- PUBLICIDADE -

Espaço Publicitário

Anuncie!

0
Fechar

Seu carrinho